Alguns minutos com Kenichi Matsuyama

O site Anime News Network teve a oportunidade de ter uma pequena entrevista com Kenichi Matsuyama antes da estréia de Gantz no começo do ano. Segue abaixo a tradução:

Qual foi seu primeiro pensamento ao ter tido a oportunidade de interpretar Masaru em Gantz?
Eu estava muito animado com a ofrerta e decidi aceitar porque este filme é baseado em um mangá e não é um simples sci-fi de ação. Ele incorpora elementos de drama, como o vínculo entre Kato e seu irmão mais novo. Também fiquei feliz em saber que Ninomya estaria interpretando Kei Kurono e eu teria a oportunidade de trabalhar com ele.

Você estava familiarizada com o mangá antes de ser envolvido no filme? 
Quando recebi a oferta eu li o mangá.

Você pode se relacionar com Masaru em um nível pessoal? Teve algo sobre a sua personalidade que o atraiu para esse personagem?
Neste mundo extraordinário de Gantz, Kato parece muito humano, de modo que era fácil se relacionar. Kato é um personagem que é mais impetuoso do que eu.

Todos vocês estavam chocados com o nível de violência no mangá? Você estava hesitante em assumir o papel sabendo quão extrema é a história?
Fiquei muito chocado. Mas o que eu sentia era mais interessante, que não há dignidade para pessoas mortas que em seguida voltam para vida, para a própria vida no mundo após a morte. Há uma presença sólida de drama no filme, mas eu tinha medo que só a violência extrema fosse o centro das atenções.

Você está agora sendo sempre chamado para interpretar heróis em adaptações de mangás e animes. Esse foi o seu objetivo o tempo todo? Você sempre foi um fã de mangás?
Sinto-me honrado. Sempre gostei de ler mangás, como Dragon Ball, Slam Dunk, e Yu Yu Hakusho. Eu amo mangás dessa geração.

Qual é o maior desafio ao trazer um personagem de mangá para a vida em um filme live-action? Você fica preocupado com a reação dos fãs com sua interpretação?
Não no mangá, mas quando se retrata uma pessoa em um filme há elementos, tais como o conhecimento sobre a pessoa e a história, que precisam ser incorporadas. Há sempre uma preocupação em criar o equilíbrio certo. É uma luta constante.

Você sonha com algum projeto? Existe um herói de mangá que você adoraria interpretar?
Spike de Cowboy Bebop. Eu gosto do seu estilo.

Anúncios