Otoko-tachi no Yamato

Makiko Uchida chega em um porto japonês na esperança de encontrar um barco que vai levá-la para o local do descanso final do navio de batalha Yamato, no 60º aniversário do seu naufrágio. Ela é rejeitada por todos até que revela a Katsumi Kamio que ela é a filha do oficial Uchida. Kamio é surpreendido pois pensava-se que Uchida tinha sido perdida quando o Yamato foi atingido e afundado em 7 de abril de 1945 por aviões americanos. Esses aviões impediram a realização de uma missão suicida definitiva contra a frota americana lutando para a dominação de Okinawa. Kamio e Uchida faziam parte de um seleto grupo de amigos que com orgulho e bravura serviram a bordo do maior navio de guerra já construído. Ele concorda em viajar com Makiko somente com a ajuda de Atsushi, um marinheiro de 15 anos. Durante a viagem de 15 horas, Kamio pensa sobre a vida a bordo do Yamato durante a guerra e ainda sobre as mães e namoradas dos marinheiros que não voltaram para casa.

Fonte